01.02.2019 | 16h25

Tasso: Resultado pode ir para o tapetão

Filiado ao partido que defende o voto aberto na eleição para a presidência do Senado, o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) desistiu da disputa com a indicação de que o resultado do pleito poderá ser judicializado. “Tudo leva a crer (que o resultado será judicializado). Ninguém está aceitando resultado, ninguém está aceitando um tipo de disputa de nível elevado, ninguém aceita derrota. Virou caso de vida ou morte”, disse o tucano. O adversário Renan Calheiros (MDB-AL) era seu maior adversário do voto aberto.

A judicialização da eleição se daria porque, segundo ele, “um servidor da Casa se arvora de senador e presidente do Senado, baixa portarias, começa uma briga absolutamente sem nenhum tipo de dignidade política, pequena, que não faz jus à história do Senado”, disse ele nesta tarde de sexta, 1, após anúncio da desistência.

 


VOLTAR PARA O ESTADÃO