13.02.2019 | 21h08

Tasso explica por que pulou fora da CPI do ‘Lava Toga’

O senador Tasso Jereissati explicou porque retirou sua assinatura do pedido de abertura da CPI do ‘Lava Toga’, que investigaria suposto “ativismo judicial” nos tribunais superiores (e colocaria fogo na relação entre governo, Congresso e Judiciário). Em vídeo publicado pelo tucano nas redes sociais, ele explica que tomou a decisão após consultar sua assessoria jurídica.

“Fomos alertados de que uma CPI só pode ser instalada se tiver um fato determinante, um assunto especifico, um escândalo especifico e em cima disso e instalar a CPI. Corríamos o risco que o próprio Judiciário viesse a desmoralizar o senado federal ao dizer da inconstitucionalidade e da ilegalidade desta CPI e não podíamos correr esse risco. Desejo como todos vocês um Judiciário limpo e transparente”, explicou.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

tasso jereissatiPSDBCPI do Lava Toga
VOLTAR PARA O ESTADÃO