28.09.2018 | 16h14

‘STF virou uma loteria jurídica’

O Procurador do Ministério Público de Contas no TCU, Júlio Marcelo Oliveira, criticou hoje duramente o Supremo pela decisão tomada pelo ministro Ricardo Lewandowski, autorizando Lula a dar uma entrevista na prisão.

“Qual a urgência para justificar a decisão individual? As eleições? Estamos na era do decido porque quero. A prudência típica do juiz substituída por voluntarismo. O STF deixou de ser uma referência de segurança para a democracia brasileira e passou a ser uma loteria jurídica”, criticou. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO