23.10.2018 | 15h54

STF quer investigação de ataques a Rosa

A Segunda Turma do Supremo solicitou que a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, investigue ataques à ministra da Corte máxima e presidente do TSE, Rosa Weber, após um homem identificado em vídeo como Carlos Alves afirmar que a ministra é uma “salafrária, corrupta e incompetente”.

O ministro Edson Fachin afirmou que o ataque a um juiz é uma “agressão à magistratura”.


Mais conteúdo sobre:

rosa weberSTF
VOLTAR PARA O ESTADÃO