03.04.2018 | 15h53

‘STF pode ser responsável por confrontação nacional’

O general da reserva Luiz Gonzaga Schroeder Lessa disse, em entrevista concedida no último dia 25 ao jornalista Milton Cardoso, da Band AM de Porto Alegre, que o STF está empurrando o país para uma ruptura institucional. “Sempre fui e continuo sendo contra a intervenção militar. Comungo nesse particular com o comandante do Exército, general Villas Bôas, e os demais comandantes. Mas acho que há um limite de tolerância e estamos chegando nesse limite de tolerância, infelizmente”, afirmou Lessa.

Ele atribui ao STF a responsabilidade por uma possível intervenção militar. “Se o STF continuar desafiando a sociedade brasileira, corremos o risco, e aí a responsabilidade é toda do STF, de uma confrontação nacional, que não será pacífica”, disse. “Uma intervenção militar vai ter derramamento de sangue, com mortos, feridos, e o STF está sendo um grande estimulador desse estado de coisas para um homem que já está condenado há 12 anos. Ele não é, em absoluto, inocente.” /J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO