17.11.2018 | 18h16

Solução para saída dos cubanos

Para o jornalista Merval Pereira, nada de desespero com a saída dos cubanos do Mais Médicos. Em sua coluna em O Globo deste sábado, Pereira explica que para suprir as vagas que ficarão abertas “basta convocar imediatamente os cerca de 8 mil médicos que se candidataram na mais recente seleção para o programa, para apenas 983 vagas oferecidas aos brasileiros”.

“Segundo o médico Marco Lages, do hospital Miguel Couto no Rio, temos mais que o dobro da recomendação da Organização Mundial de Saúde, em vez de um mínimo de 1 médico para cada mil habitantes, temos 2,18. Não somos o único país continental com problemas de acesso à saúde no interior. Canadá e Austrália passam por isso também. E como eles resolveram? Com médicos estrangeiros, mas com uma diferença: todos são avaliados em 2 ou 3 fases antes de assumir o emprego no Yukon ou no Outback, ambientes tão inóspitos quanto a caatinga ou a selva amazônica.”


Mais conteúdo sobre:

Mais MédicosMerval Pereira
VOLTAR PARA O ESTADÃO