28.09.2018 | 06h37

Sobrou até para o Papa

Nem o Papa Francisco foi poupado da guerra de torcida que brasileiros travam nas redes sociais por conta das eleições. O pontífice postou em sua conta no Twitter a seguinte mensagem: “Rezemos para que no mundo prevaleçam os programas de desenvolvimento e não aqueles para os armamentos”.

Foi o suficiente para que chovessem comentários (mais de 1,7 mil na manhã desta sexta, menos de 24 horas após a postagem) de apoiadores e detratores de Jair Bolsonaro, se atacando entre si e, alguns, com pesadas críticas ao próprio Francisco. / V.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO