11.10.2018 | 15h29

Sobrevivendo como Adriano Sarney

A família Sarney encontrou em Adriano, o neto do ex-presidente, a tábua de salvação política por ele ter sido o único sobrevivente do massacre eleitoral. Talvez pelo fato de não ter batido de frente com Flávio Dino, que se reelegeu no primeiro turno. Por isso, família pretende agora se aproximar do eleitor de Lula ou do PT, informa o Valor.

“Um eventual apoio à candidatura de Fernando Haddad à Presidência da República é considerada fundamental para que o clã ganhe fôlego em eleições futuras. Integrantes do grupo reconhecem que é hora de deixar o orgulho de lado e se juntar a Dino nessa empreitada contra Bolsonaro”, diz a publicação.


Mais conteúdo sobre:

Adriano Sarneyeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO