09.01.2019 | 15h50

Sobrevivência de pequenas empresas ameaçada?

Para o novo presidente do Sebrae-SP, Tirso Meirelles, o corte proposto pelo ministro da Fazenda, Paulo Guedes, nos recursos do Sistema S representará uma ruptura significativa nas atividades da entidade.

“O corte proposto, independentemente do percentual, representará uma ruptura significativa nas atividades do Sebrae, com impacto direto e imediato no tamanho de nossa operação e, por consequência, na quantidade e na qualidade de atendimentos e na sobrevivência dos pequenos negócios”, disse ele em entrevista à Folha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO