08.03.2019 | 12h56

Sobre a Norte-Sul, procurador fala em ‘licitação viciada’

O edital do leilão da Ferrovia Norte-Sul contém “vícios”, segundo o alerta feito pelo procurador do Ministério Público junto ao TCU, Júlio Marcelo de Oliveira, ao Palácio do Planalto na quinta, 7, em rede social. Sua preocupação se soma à possibilidade de a operadora do sistema ferroviário russo, a RZD, abandonar o barco porque, segundo a gigante com 85 mil km de trilhos, não há garantias sobre o direito de passagem em malha controlada por outras empresas até os portos, informa o Valor.


Segundo ele, há indícios de favorecimento à Vale. “Eu, como consultor deles (RZD), direi que não vale a pena entrar”, afirmou Bernardo Figueiredo à publicação caso não haja modificação nos termos do edital. Parece que para o governo, tanto faz, uma vez que defende com “boas razões” a concorrência entre a VLI, cuja maior acionista é a Vale, e a Rumo.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Ferrovia Norte-SulRZD
VOLTAR PARA O ESTADÃO