11.03.2019 | 16h59

Site francês diz que são ‘falsas’ informações compartilhadas por Bolsonaro

O jornal francês Mediapart emitiu uma nota no Twitter desmentindo a tese falsamente levantada pelo site Terça Livre e endossada pelo presidente Jair Bolsonaro de que uma jornalista do Estadão teria dito  ao blog do jornalista Jawad Rhalib que teria “intenção” de “arruinar” o governo. A publicação se solidarizou com a repórter e disse que as informações publicadas no “club de Mediapart” e que serviram de base para o tuíte de Bolsonaro “são falsas”. “O artigo é de responsabilidade do autor e o blog é independente da redação do jornal”, escreveu o Mediapart.


No domingo, o site Terça Livre reproduziu matéria do blog em que a jornalista fala da apuração do caso Fabrício Queiroz, investigado por movimentação financeira atípica apontada pelo Coaf em que ela afirma, em frases truncadas em inglês que a repórter avalia que “o caso pode comprometer” e “está arruinando Bolsonaro”, mas não relaciona seu trabalho a nenhuma intenção nesse sentido. A autora da matéria falsa sobre a jornalista do Estadão é uma assessora uma no gabinete do deputado estadual Bruno Engler (PSL), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

VOLTAR PARA O ESTADÃO