17.04.2018 | 11h56

Sinal de fumaça

O Ministério Público da Suíça deu o sinal verde, mas a defesa do empresário José Amaro Pinto Ramos tenta impedir que as cortes helvéticas enviem extratos e documentos de contas suas no país ao Brasil para uso em investigações, informa Jamil Chade.

Ele é apontado em delação premiada do ex-presidente da Odebrecht Pedro Novis como intermediário de repasses no exterior que teriam como beneficiário o senador José Serra (PSDB-SP).


VOLTAR PARA O ESTADÃO