24.10.2018 | 19h01

Sete ministros de Temer com Bolsonaro

Sete ministros de Michel Temer já declararam apoio a Jair Bolsonaro. Nesta quarta-feira, 24, foi a vez dos titulares da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e do Turismo, Vinícius Lummertz, usarem suas redes sociais para declarar apoio ao candidato do PSL. Além dos dois, Blairo Maggi (Agricultura), Alexandre Baldy (Cidades), Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações), Ronaldo Fonseca (Secretaria-Geral) e Carlos Marun (Secretaria de Governo) também estão com Bolsonaro.

Joaquim Silva e Luna (Defesa) e Aloysio Nunes (Relações Exteriores) deram declarações favoráveis ao ex-capitão, mas sem declarar voto. Outros ministros, como o titular da Fazenda, Eduardo Guardia e Sérgio Etchegoyen ( Gabinete de Segurança Institucional) já se encontraram com Bolsonaro e sua equipe. Eliseu Padilha (Casa Civil) cuidará da transição de governo com Bolsonaro caso a eleição se confirme.  Já Ilan Goldfajn, presidente do BC, é cotado a permanecer em um possível governo do PSL. O único ministro com declarações públicas contra Bolsonaro é Edson Duarte, que cuida da pasta do Meio Ambiente.


VOLTAR PARA O ESTADÃO