30.07.2018 | 23h16

Serve para Ustra e não serve para Lula?

Em sua participação no Roda Viva, Jair Bolsonaro defendeu que ninguém pode ser condenado antes de “trânsito em julgado” para defender o coronel Brilhante Ustra, acusado de torturar opositores durante a ditadura militar. Coincidentemente é o mesmo argumento utilizado pelos petistas para justificar que Lula não pode nem ficar preso, nem ser impedido de ser candidato.


VOLTAR PARA O ESTADÃO