08.10.2018 | 12h42

Senado fragmentado

A eleição de 2018 gerou a maior fragmentação partidária da história do Senado Federal. A partir de 2019, a casa abrigará 21 legendas a partir do ano que vem. Também refletirá um grande “não” para velhos conhecidos da política brasileira como Roberto Requião (MDB) e Cesar Maia (DEM), segundo a Folha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO