24.05.2018 | 08h28

Semipresidencialismo avança

O ministro Gilmar Mendes e a cúpula do Senado avançam nas discussões para colocar em votação no início do ano que vem a proposta que institui o sistema semipresidencialista no País, relata a coluna Poder em Jogo, do jornal O Globo.

Gilmar fez a proposta como cidadão, não como ministro do STF, mas teve a parceria do presidente Michel Temer na empreitada. Se a proposta passar, o Brasil teria um presidente e um primeiro-ministro a partir de 2023.


VOLTAR PARA O ESTADÃO