03.08.2018 | 10h56

Sem Lula, Wagner prefere PT na vice

Cotado inicialmente como uma das alternativas do PT à Presidência, Jaques Wagner teria dito a Fernando Haddad que a melhor opção para o partido seria lançar candidato a vice na chapa de outro partido. Segundo a Época, a preferência seria por Ciro Gomes (PDT).

Wagner não confirma, mas define sua posição: “A tese é que, não sendo Lula, o PT não deve indicar o substituto. A discussão não inclui necessariamente a questão do vice, a menos que o PT queira estar na chapa. Não estou tratando de Ciro, mas do conceito”. Se antes a ideia já era improvável, com a aliança entre PT e PSB que isolou Ciro, pode ter ficado ainda mais distante.


VOLTAR PARA O ESTADÃO