30.11.2018 | 19h59

Sem intervenção no Rio, Congresso pode votar reforma

O anúncio feito hoje por Jair Bolsonaro, afirmando que não vai renovar a intervenção militar no Rio, abre o caminho para que o Congresso possa votar propostas que alterem a Constituição, como a reforma da Previdência, o fim do Foro Privilegiado e alteração de maioridade penal.

Quando há uma intervenção federal em algum Estado, não é permitido que se aprove mudanças constitucionais durante esse período. Assim que a intervenção militar do Rio for encerrada, esse caminho estará desbloqueado, permitindo que Bolsonaro consiga avançar no Congresso com as mudanças constitucionais que interessem ao seu governo. /M.M.


VOLTAR PARA O ESTADÃO