21.08.2018 | 12h52

Sem impacto no eleitorado

“A intensa negociação de alianças, os dois primeiros debates televisivos, o lançamento das candidaturas, as diversas entrevistas concedidas… Aparentemente, nada impactou o eleitor”, analisa Paulo Celso Pereira no jornal O Globo a partir dos resultados da pesquisa Ibope/Estado/TV Globo. Ele ressalta que a resistência do lulismo ainda é alta, e que Haddad, mesmo sem propaganda oficial, chega a 4%.

Ainda assim, a indefinição segue. Como observa Pereira, ao menos cinco nomes parecem ter chance de estar no segundo turno.


VOLTAR PARA O ESTADÃO