24.11.2018 | 15h03

Sem ‘estelionato eleitoral’ de Bolsonaro

Em sua coluna no Globo deste sábado, 24, o jornalista Merval Pereira diz que “não há estelionato eleitoral” de Bolsonaro nas escolhas dos ministros Ricardo Vélez Rodriguez para a Educação e do embaixador Ernesto Araújo para as Relações Exteriores.

“Não pode ser surpresa para ninguém que Bolsonaro escolha um ministro que tenha uma ideologia de direita tão marcada quanto a de Ricardo Velez. É o que o Bolsonaro pensa e o que defendeu na campanha presidencial. Assim como a indicação do chanceler do Itamaraty, que ele escolheu dentro da carreira, mas não entre embaixadores seniores, como era a expectativa”, afirma. “Bolsonaro foi eleito porque pensa assim. Pode-se discordar dessa linha, muita gente votou no Bolsonaro por causa disso” / J.F.


VOLTAR PARA O ESTADÃO