09.04.2019 | 19h11

Sem declaração de Bolsonaro sobre morte por 80 tiros

O porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o presidente da República não se manifestou sobre a morte do músico Evaldo Rosa dos Santos, de 46 anos, cujo carro em que ele estava com a família, em Guadalupe, zona norte do Rio, foi alvo de 80 tiros disparados por militares do Exército.

“Não, não se manifestou. O presidente confia na Justiça Militar e no Ministério Público Militar para a elucidação do caso”, limitou-se a dizer diante de vários questionamentos da imprensa nesta noite de terça, 9, em Brasília. Em Suzano, quando dois atiradores mataram um total de 10 pessoas, Jair Bolsonaro classificara o caso de “monstruosidade e covardia”.


Mais conteúdo sobre:

Otávio Rêgo Barros 80 tiros
VOLTAR PARA O ESTADÃO