30.04.2018 | 09h20

‘Seita política-administrativa-religiosa eleitoral’

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), aposta nos votos evangélicos para se reeleger no Estado. Acusado pelo PRP de ter criado uma “seita política-administrativa-religiosa eleitoral”, o pré-candidato contratou 36 capelães, a maioria deles líderes evangélicos, informa o Estadão.

Dino também pretende lançar deputada Eliziane Gama (PPS-MA), ligada à Assembleia de Deus, ao Senado.


Mais conteúdo sobre:

Flávio Dino
VOLTAR PARA O ESTADÃO