27.09.2018 | 16h19

Segurando a boiada

Geraldo Alckmin e seus principais interlocutores intensificaram o trabalho de contenção de dissidências da campanha tucana. Com a proximidade da eleição e a dificuldade demonstrada por ele, até agora, para decolar, vários aliados regionais começam a procurar abrigo nos adversários, especialmente com Jair Bolsonaro.

Aos aliados assustados, Alckmin ainda acena com reação nas pesquisas e o desgaste de Bolsonaro com polêmicas ainda pode permitir uma reação na reta final. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

Geraldo Alckmin
VOLTAR PARA O ESTADÃO