24.10.2018 | 09h35

Segurança por conta e risco

A segurança de Fernando Haddad (PT) durante ato na favela da Maré, ontem, no Rio de Janeiro, foi por conta e risco do candidato. Aliados de Haddad relataram que os policiais federais responsáveis pela escolta do petista exigiram que ele assinasse um termo se responsabilizando pela participação, informou a Coluna do Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO