19.09.2018 | 12h57

Segundo inquérito à vista

Raul Jungmann pode abrir um segundo inquérito para investigar se o atentado contra Jair Bolsonaro teve um coautor, informa o Estadão. “O primeiro inquérito, que visa definir autoria, materialidade e etc., está sendo cumprido no prazo. Se necessária a prorrogação, será muito pequena, e a coautoria seria investigada em outro inquérito”, afirmou o ministro da Segurança Pública.


Mais conteúdo sobre:

Raul JungmannJair Bolsonaro
VOLTAR PARA O ESTADÃO