29.11.2018 | 16h29

Se quiser vencer, governo precisa de foco

Futuros integrantes do governo de Jair Bolsonaro dão sinais de que a proposta de reforma da Previdência será enviada ao Congresso ainda no primeiro semestre. Se realmente quer aprovar essa mudança, este timing é perfeito. A experiência ensina que todo governo recém-eleito traz uma força das urnas que ajuda a destravar votações difíceis como a da reforma previdenciária.

Como o tema provoca reações fortes, o próximo governo precisará de algumas coisas das quais ainda não dispõe para ter êxito. Primeiro: apresentar e divulgar intensamente o texto de sua proposta. Só assim vai começar a quebrar resistências. Segundo: precisa montar uma articulação política para lidar com o Congresso. Hoje, está tudo ainda muito confuso. Terceiro: precisa de foco. Não adianta dividir as atenções apresentando outras propostas polêmicas simultaneamente. Se quer votar a Previdência, essa deve ser a prioridade. Por fim e mais importante: precisa de voto a favor do texto. Hoje, ainda não tem. Quando apresentar seu texto, essa contagem precisa ser feita diariamente. /M.M.


Mais conteúdo sobre:

reforma da previdência
VOLTAR PARA O ESTADÃO