23.07.2018 | 18h16

Vice não manda nada? Janaína discorda…

Enquanto Josué Gomes, cotado para ser vice de Geraldo Alckmin, parece considerar seu papel no cargo como quase “decorativo”, Janaína Paschoal vai na direção oposta. Tudo indica que a advogada irá querer mais “voz” caso aceite o convite de Jair Bolsonaro para concorrer à vice-presidência da República.

“Definitivamente, não concordo com Josué de Alencar quando diz que vice não manda nada e ajuda quando não atrapalha”, disse a jurista ao Estado. Ela também afirmou que “precisa de mais tempo” para decidir se irá aceitar ou não ser vice de Bolsonaro.

 

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO