13.02.2019 | 22h04

‘Se Bebianno estiver envolvido, destino não pode ser outro’

Em entrevista gravada antes de sair do hospital (e portanto antes de Carlos Bolsonaro chamar Gustavo Bebianno de “mentiroso” por dizer que conversou com o presidente), Jair Bolsonaro confirmou novamente a versão de seu filho contra o o atual titular da Secretaria-Geral da Presidência. Bolsonaro foi direto: não conversou com Bebianno sobre a sobre a possibilidade de seu ministro estar envolvido com candidatos “laranjas” do PSL durante as eleições do ano passado e que, caso se confirmem as denúncias, “o destino dele não poderá ser outro”. “Se houve qualquer coisa errada, o ministro Sergio Moro tem carta branca para apurar qualquer tipo de crime de corrupção e lavagem de dinheiro”, completou.

 

 

 

VOLTAR PARA O ESTADÃO