17.09.2018 | 15h40

São Paulo ou EUA?

A propaganda eleitoral do candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB) utilizou cenas de escolas e clínicas dos Estados Unidos e Rússia para ilustrar feitos de sua gestão a frente da Prefeitura paulistana e suas promessas para eventual governo. Os trechos que ilustram a conversa foram retirados de bancos como o Storyblocks, da empresa VideoBlocks, dos Estados Unidos. Para fazer um plano e ter acesso aos vídeos, o internauta paga de U$ 8 a U$ 29, segundo a CBN.

Em nota, a campanha de João Doria afirma que não cometeu nenhuma ilegalidade. Eles dizem que recorreram aos bancos de imagens porque o Estatuto da Criança e do Adolescente não permite o uso de imagens de crianças sem autorização judicial, o que dificultaria bastante as gravações internas nas dependências das creches.


VOLTAR PARA O ESTADÃO