19.03.2018 | 18h35

Samuel Pessôa: ‘Para muitos heterodoxos, o conhecimento é um ato de fé’

O economista Samuel Pessôa mostrou que não teme entrar no index das correntes de esquerda que dominam a academia no Brasil.

Em entrevista ao jornalista Mario Vitor Rodrigues, publicada no domingo, 18, no blog que ele mantém no portal do Estadão, Pessôa diz “uma boa parte da heterodoxia brasileira, de Campinas e da UFRJ, têm uma relação religiosa com o conhecimento”.

“Você tem profissionais de economia para quem o gasto público se autofinancia eternamente”, afirma. “Eles não olham dados, não constroem modelos que possam ser estimados estatisticamente e não testam as hipóteses deles. Eles acreditam. É um ato de fé.”


Mais conteúdo sobre:

samuel pessoaUnicampUFRJEconomia
VOLTAR PARA O ESTADÃO