01.03.2019 | 12h18

Salles faz a ‘limpa’ no Ibama

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, exonerou ontem mais 21 superintendentes do Ibama. Os de São Paulo, Paraná e Pará já tinham sido dispensados anteriormente. Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro ainda permanecem no cargo. Uma das críticas do titular da pasta ao órgão é contra sua ineficiência e contra o exagero na aplicação das multas por descumprimento de legislação ambiental, o que faz o presidente Jair Bolsonaro associar o procedimento ao que chama de “indústria da multa”.


Mais conteúdo sobre:

IbamaRicardo Salles
VOLTAR PARA O ESTADÃO