18.10.2018 | 11h36

Sá Leitão não vê ‘apocalipse’

O ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, se mostrou bastante otimista com o futuro da política cultural do País em caso de vitória de Jair Bolsonaro em entrevista ao Estadão. Segundo ele, não haverá nenhum “apocalipse” no setor num eventual governo do deputado. Inclusive, conta, o filho do candidato, Flávio, tem interesse na área. O que os artistas precisam, de acordo com o ministro, é de “maturidade”.

Bolsonaro já afirmou que pretende transformar a pasta de Cultura em secretaria e seu filho, Eduardo, defende uma CPI da Lei Rouanet.


Mais conteúdo sobre:

Lei RouanetJair Bolsonaroeleições
VOLTAR PARA O ESTADÃO