13.08.2018 | 15h53

Rosa Weber e a inelegibilidade de Lula

Às vésperas do prazo para o registro de candidaturas, o Tribunal Superior Eleitoral muda de comando. Nesta quarta, 14, Rosa Weber assume a presidência no lugar de Luiz Fux, e o ex-presidente Lula deve estar particularmente atento à mudança.

Como relata Valdo Cruz em seu blog no G1, Rosa votou pela constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa e é considerada mais formalista que Fux. Enquanto ele dizia que o petista poderia ter sua candidatura cassada logo após o registro, ela deve seguir os trâmites determinados pela Justiça Eleitoral, o que pode estender o processo. No entanto, colgas acreditam que Rosa vai fazer o possível para definir o caso de Lula até o fim de agosto.


VOLTAR PARA O ESTADÃO