18.09.2018 | 17h03

Rosa defende urna eletrônica

Um dia após o presidente do STF, Dias Toffoli, defender o uso da urna eletrônica, nesta terça, 18, foi a vez da presidente do TSE, ministra Rosa Weber, rebater a crítica do candidato Jair Bolsonaro de que as eleições poderiam ser fraudadas por causa da ausência do voto impresso, informa o Estadão.

“Temos 22 anos de utilização de urnas eletrônicas. Não há nenhum caso de fraude comprovado. As pessoas são livres para expressar a própria opinião, mas quando essa opinião é desconectada da realidade, nós temos que buscar os dados da realidade”, afirmou Weber.


Notícias relacionadas
VOLTAR PARA O ESTADÃO