28.08.2018 | 17h16

‘Rompi, pero no mucho’

Romero Jucá, que deixou a liderança do governo devido a divergências sobre a crise com os venezuelanos, fez um adendo em sua decisão: dizer que não rompeu com o governo, apenas deixou o cargo. “Tem gente que gosta de distorcer os fatos . Ontem deixei a liderança do governo para ter a liberdade de discordar e cobrar uma posição que defendo em Roraima e que não é a do governo. Em nenhum momento disse que rompi ou fui para a oposição”.


VOLTAR PARA O ESTADÃO