16.03.2019 | 20h18

Rolim avalia erros do setor previdenciário

Na opinião do secretário de Previdência, Leonardo Rolim, o Brasil perdeu, ao longo desta década, a chance de fazer uma reforma da Previdência que sacrificasse menos os brasileiros e, a partir de agora, cada atraso na aprovação exigirá uma regra de transição mais rápida.

“Foi o maior erro em termos de políticas públicas nas últimas duas décadas”, afirma. “Além de criar um problema fiscal sério, bagunçou toda uma lógica que havia no setor previdenciário. Criou injustiças terríveis em um sistema que já era muito complexo e já tinha injustiças”, disse em entrevista à Folha.


VOLTAR PARA O ESTADÃO