06.11.2018 | 12h16

Risco do ‘padrão pretoriano de política’

O cientista político Octavio Amorim Neto vê risco à democracia se a política brasileira seguir a dinâmica centrífuga com a ascensão do conservadorismo de Jair Bolsonaro ao poder. O oposto ao centrismo pode significar uma ofensiva sobre as instituições estabelecidas, escreve.

O professor da Ebape/FGV-Rio alerta, em entrevista ao Valor, que não está afastado o risco de “degringolar para aquilo que o Samuel Huntington chamava de padrão pretoriano de política. Em vez de decisões no Parlamento, de consultas a conselhos da República, de debates nas comissões, tudo vai ser decidido na rua, comício, xingamento, ofensa, e agora as ruas digitais permitidas pela internet, e que transbordam para as ruas de fato”.


Mais conteúdo sobre:

Jair Bolsonaropretoriano
VOLTAR PARA O ESTADÃO