02.04.2018 | 07h25

Risco de violência social

O cineasta José Padilha, cuja minissério O Mecanismo provocou controvérsia nacional na semana que passou, acredita que a eleição de um extremista de direita ou de esquerda em outubro pode levar o País a uma situação de violência social.

Em entrevista à coluna Direto da Fonte, ele lamenta a falta de “um Macron” na política brasileira. “Precisamos de alguém capaz de inovar a estrutura política. Que não tenha se criado numa estrutura viciada e não seja de nenhum extremo”, afirma.


VOLTAR PARA O ESTADÃO