14.09.2018 | 20h29

Richa vai continuar na cadeia

O ex-governador e candidato ao Senado pelo Paraná, Beto Richa, teve a prisão preventiva decretada na noite desta sexta-feira, 14. Como informa o G1, o  juiz Fernando Fischer justificou sua decisão de manter o tucano preso afirmando que “há risco à ordem pública e à ordem econômica”.

Richa, sua esposa Fernanda Richa e mais 13 pessoas são investigadas de envolvimento em um esquema de superfaturamento de contratos para manutenção de estradas rurais em troca de propina.


Mais conteúdo sobre:

Beto RichaPSDB
VOLTAR PARA O ESTADÃO