14.04.2018 | 09h25

Reparação histórica

No exercício do cargo de presidente da República, Cármen Lúcia instituiu na sexta, 13, o Dia Nacional de Conscientização do Autismo. Justo ela que, em 2016, foi criticada por pais de vítimas do transtorno mental.

Questionada à época se os ministros do Supremo teriam o mesmo empenho na Lava Jato que tiveram com o mensalão, ela respondeu que sim, pois eles não eram autistas. Após repercussão negativa, se viu obrigada a pedir desculpas.


Mais conteúdo sobre:

Cármen LúciaDia do Autismo
VOLTAR PARA O ESTADÃO