10.06.2019 | 14h49

Renan volta a defender Lei de Abuso de Autoridade

Investigado na Operação Lava Jato, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) voltou a defender nesta segunda, 10, a tramitação da Lei de Abuso de Autoridade, de sua autoria, ao comentar o vazamento das conversas entre o então juiz Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol. Renan bate na tecla de que a força-tarefa é uma “conspiração de juízes e procuradores em nome de projeto de poder”. Ele nomeia seus inimigos antes de acrescentar que “precisamos investigá-los e aprovar a Lei de Abuso de Autoridade”, escreveu Renan no Twitter.


 

VOLTAR PARA O ESTADÃO