02.02.2019 | 09h52

Renan chamou Tasso ‘para porrada’

Um dos momentos mais tensos da sessão do Senado que acabou não votando o novo presidente da Casa foi a “quase briga” entre Renan Calheiros (MDB-AL) e Tasso Jereissati (PSDB-CE). O senador Randolfe Rodrigues relatou como foi. Primeiro, Renan disse que o tucano era um “coronel cangaceiro” responsável por toda confusão. Jereissati respondeu: “Você vai para cadeia”. Aí Renan perdeu as estribeiras e chamou o colega para a briga. “Seu merda, venha para a porrada”, disse, sendo apartado pelos outros senadores.


VOLTAR PARA O ESTADÃO