04.04.2018 | 15h02

Relembre o ‘apequenar’ de Cármen

“Não sei por que um caso específico geraria uma pauta diferente. (Analisar o tema por Lula) Seria apequenar muito o Supremo. Não conversei sobre isso com ninguém”, afirmou Cármen Lúcia em um jantar promovido pelo portal Poder360 com empresários e jornalistas em 29 de janeiro.

Na semana anterior, o Tribunal Regional da 4ª Região recusara os recursos de Lula, de sua condenação na primeira instância a 9 anos e seis meses de prisão, por corrupção e lavagem de dinheiro. Por unanimidade, os três desembargadores confirmaram a condenação e aumentaram a pena para 12 anos e um mês.


Mais conteúdo sobre:

Cármen LúciaLula
VOLTAR PARA O ESTADÃO