02.10.2018 | 07h48

Rejeição a Haddad galopa

Um dado importante da pesquisa Ibope é que Fernando Haddad viu sua rejeição disparar 11 pontos em uma semana. Em sua análise sobre a pesquisa para o jornal O Globo, Paulo Celso Pereira se fixa neste dado e lembra que a rejeição ao candidato do PT já supera a que Lula tinha antes de ser oficialmente declarado não candidato.

“No fim de semana, os barulhentos protestos do #EleNão chamaram mais atenção do que os atos de apoio a Bolsonaro. No entanto, o Ibope sugere que, silenciosamente, foi o movimento antipetista que ganhou força nos últimos dias. Além de a rejeição a Haddad ter aumentado, Bolsonaro, que personifica o movimento contra o partido, cresceu quatro pontos, chegando a 31%. Sua vantagem sobre o petista saltou de seis para dez pontos.”


VOLTAR PARA O ESTADÃO