06.02.2019 | 09h32

Reforma mais palatável?

A área política do governo está convencida de que a reforma ambiciosa consignada na minuta divulgada pelo Estadão não é muito palatável nem a Jair Bolsonaro nem ao Congresso. Daí porque três ministros opinaram à coluna que será preciso suavizar a proposta para que ela seja aprovada. A divergência é qual o melhor momento para começar a fazer concessões: se antes de fechar o texto do Executivo ou já no parlamento. Escrevo a respeito da estratégia de negociação na minha coluna desta quarta-feira. / Vera Magalhães


VOLTAR PARA O ESTADÃO