13.10.2018 | 08h17

Reforçando territórios

Se a eleição fosse uma partida de War, seria possível dizer que Jair Bolsonaro e Fernando Haddad usaram a reta final do primeiro turno para reforçar seus exércitos nos territórios já conquistados, em vez de desbravar novas frentes.

Análise feita pelo Estadão com base em pesquisas dos dias anteriores à eleição, a boca de urna e o resultado permite traçar um gráfico da evolução da  distribuição geográfica dos votos e sua segmentação de acordo com dados socioeconômicos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO