09.10.2018 | 16h45

Fusão de Rede e PV

Com seis parlamentares eleitos nestas eleições (1 deputada federal e 5 senadores), a Rede negocia uma fusão com o PV, partido que deu origem à legenda de Marina Silva, informa o Estadão. O candidato a vice da presidenciável na campanha eleitoral, Eduardo Jorge, é do PV.

“Não há nada ainda formalizado, mas não se descarta (essa possibilidade). Temos uma pauta e agenda em comum. Não vejo nada contra”, disse o senador Randolfe Rodrigues (AP), um dos cinco eleitos da Rede. A bancada do PV na Câmara, no entanto, passou de 1 para 5.


Mais conteúdo sobre:

eleiçõespvredeMarina Silva
VOLTAR PARA O ESTADÃO