31.08.2018 | 18h08

‘Recomendação de Comitê da ONU não tem validade’, diz Dodge

Nos 10 minutos que teve para defender a impugnação do registro de Lula, a procuradora-geral Eleitoral, Raquel Dodge, falou sobre o polêmico parecer do Comitê de Direitos Humanos da ONU, que recomendou que o petista fosse candidato nas eleições deste ano.Para ela, a decisão do órgão internacional não é de competência da Justiça Eleitoral, já que, como decidiu o juiz Celso de Mello, não se reconhece tratado internacional que não tenha sido incorporada à legislação doméstica.


Notícias relacionadas

Mais conteúdo sobre:

LulaTSERaquel Dodge
VOLTAR PARA O ESTADÃO