13.02.2019 | 13h46

Receita investiga 134 ‘agentes públicos’

A Receita Federal vasculhou cerca de 800 mil CPFs e abriu investigação secreta de 134 “agentes políticos”, informa o site Consultor Jurídico, à procura de “indícios de crimes contra a ordem tributária, corrupção e lavagem ou ocultação de bens, direitos e valores envolvendo agentes públicos”.

Na semana passada, a revista Veja revelou que um dos focos da varredura da Equipe Especial de Fraudes da Receita foi o casal Gilmar Mendes e sua mulher. Com entrada da presidente do STF, da procuradora-geral da República e do ministro Paulo Guedes no caso, a Receita negou em comunicado que o ministro do STF seja investigado. No ano passado, no entanto, uma força-tarefa do órgão foi montada para investigar indícios de irregularidades e inconsistências nas declarações de rendimentos e na evolução patrimonial de agentes públicos.


VOLTAR PARA O ESTADÃO