14.03.2019 | 16h21

Recadastramento de armas deve esperar

Um dia antes da tragédia na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano (SP), o presidente Jair Bolsonaro conversou com parlamentares sobre a edição de uma medida provisória para fazer o recadastramento de armas de fogo. Depois do massacre ocorrido na quarta-feira, 13, recebeu conselhos de que é melhor esperar, informou a Coluna do Estadão.


VOLTAR PARA O ESTADÃO